Quanta insensatez!

janeiro 26, 2010 às 4:45 pm | Publicado em Filmes, Música, Pessoal, vale a pena ver | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Primeiro post do ano e não tem nada a ver com planos, projetos e retrospectiva.  É bem curto e só tem a ver com meu dia-a-dia vendo filmes, ouvindo música, dias de recesso e férias, é algo até bobo.

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras.  Concordo e complemento em mais mil palavras se a mesma for acompanhada por uma ótima música.  A motivação inicial desse post era apenas mostrar uma música brasileira, inserida no filme Sete Vidas (Seven Pounds) que só recentemente pude assistir.  Assistir um filme por completo consiste em, sem prejuízo de outros detalhes, observar fotografia, enredo/trama e sobretudo a trilha sonora, quando não posso fazer isso, em pouco tempo acabo esquecendo o nome filme e a própria história que ele conta.  A trilha, apesar de estar quase sempre em segundo plano,  em muitas vezes é ela que sobressai e fica gravada na memória do telespectador.  Um exemplo, por muito tempo quando ouvia essa música lembrava desse filme.

Mas a música que queria mostrar é How Insensitive da dupla Antônio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, ou Insensatez de 1961 que ganhou o mundo na voz de muitos outros artistas, não só em português mas também em inglês como fez Diana Krall.  Confesso que na primeira vez que vi o filme não havia percebido a música, depois de observar que a mesma estava na trilha sonora revi novamente atento à voz de Diana Krall, mas me decepcionei pois pensei que a música sustentaria uma cena mais incisiva no enredo, mas não.  Ela só entra em cena após uma hora e vinte seis minutos e fica em cena até muito tempo, quase dois minutos, trata-se do momento em que Ben/Tim Thomas entra e encontra Emily à mesa do jantar romântico que esta o preparou, há um curto diálogo, mais nada e em seguida já entram em outra música e a história segue.

Quando estava procurando outras musicas da trilha encontrei este outro blog que trata justamente de trilhas sonoras, e o posto sobre Seven Pound começa justamente com: “The soundtrack to Seven Pounds is subdued and sentimental but hopeful…” de cara discordei, não acho a trilha fraca, mas sim bem trabalhada, há momentos de inquietação, paz e esperança.  Sim, talvez o tom seja o de esperança e candura. Mas é o adequado à trama.

Abaixo duas versões disponíveis no youtube:

Por fim deixo aqui a recomendação o filme, além de uma bela história tem uma trilha sonora de muito bom gosto.  Era isso.

[]’ s Rogério Marinho

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: